segunda-feira, janeiro 28, 2008

Algo está a acontecer...

Vamos ver o que se passa na Super Tuesday, mas o homem tem um grande escritor de discursos e ele próprio é excelente a discursar, a mobilizar, e a entusiasmar!

7 comentários:

Pedro Miguel Cardoso disse...

De facto um discurso que entusiasma, com um toque de Luther King e um público vibrante, sobretudo constituído por brancos. Será que o "american dream" se vai realizar nas próximas eleições? Apesar de Hillary estar melhor preparada para exercer a presidência, a eleição de Barack Obama seria um sinal significativo de mudança para os EUA e para o mundo e uma reconciliação dos americanos com os ideais que estão na matriz dos EUA.

José Reis Santos disse...

o publico é «montado», como sabes, todos escolhidos a dedo...

Paulo Dias disse...

É... Sem duvida uma forma muito politica de transparência... E nós, cidadãos, deixamo-nos ficar à mercê da boa formação e da boa "vontade" destes politicos... É assim nos EUA é assim em Portugal... Há que acreditar nos bons valores e na responsabilidade de quem, um dia, nos Lidera... Nos Governa...

Rui Pedro Nascimento disse...

Gosto destes senhores que falam com uma autoridade moral fantástica! O cenário tem coisas encenadas? TEM! Lógico, é uma campanha... mas não é disso que se fala! Fala-se da qualidade do discurso e da qualidade oratória do Barack Obama.

E em relação a nós ficarmos à mercê da boa formação e da boa "vontade" destes políticos, Paulo, se estás assim tão mal só tens uma coisa a fazer: Candidata-te! É que senão é somente um tão tipicamente mau hábito português: dizer mal mas nada fazer!!!

Irra, que estes dois andam chatos!

José Reis Santos disse...

Rui: o discurso arrepia! Não há disso duvida. resta é levantar mais o tapete, e ver o que há por baixo...

Rui Pedro Nascimento disse...

A isso chama-se gestão de expectativas...

Pedro Miguel Cardoso disse...

Em política é fundamental convencer os outros das virtudes das nossas causas e projectos. A imagem apesar do conteúdo ser mais importante também tem o seu papel. Claro que o cenário é "montado". Mas o que está em causa neste discurso, como diz e bem o Rui Pedro, é a qualidade da mensagem. O lema "Yes We Can!" é genial. A qualidade de um candidato também se mede pela sua capacidade de mobilizar e inspirar a comunidade.

Pesquisar neste blogue