terça-feira, agosto 28, 2007

Tese


Fazer uma tese académica é mesmo muito cansativo e trabalho só possível com 200% de concentração e dedicação. Não dá, mesmo, para fazer mais nada.

Tentar explicar que se passou uma tarde a confirmar e acrescentar uma citação numa nota de rodapé é de difícil entendimento para o comum dos mortais.

Fazer o capítulo teórico então, é de loucos... Para se ter uma ideia, aproximada, eu tenho cerca de 45 páginas de fontes e bibliografia. É tudo o que pesquisei e li, nestes últimos 4 anos. Ao escrever a abordagem teórica tenho que «jogar» com o que de significativo se escreveu e publicou sobre o meu tema e avançar com novas propostas de análise. Como trabalho eleições no Portugal autoritário... basta pensarem quem é que já escreveu sobre o salazarismo, as suas características, os seus principais preceitos políticos...

É, por vezes, um autêntico malabarismo sem rede...

É onde estou há uma semana.

2 comentários:

Ricardo Revez disse...

Zé...
Tens todo o meu apoio e compreensão...
É desesperante, eu sei...

João disse...

Continuo a achar que são tretas, falta-te é método. Mas tb não posso falar...

Pesquisar neste blogue