quinta-feira, junho 04, 2009

Agora é que se lembraram disto? É tarde!

Sabemos via EuropeanVoice que oito grandes líderes de partidos socialistas, entre os quais estão Mário Soares, Gonzalez, Schroeder e Jospin, publicaram uma declaração no dia 2 de Junho a defender que o Partido Socialista Europeu deveria apresentar urgentemente um candidato alternativo a Durão Barroso para Presidente da Comissão.

Esta tentativa de criar um verdadeiro debate nestas eleições europeias é paupérrima. Tendo sido publicada na recta final da campanha, isto soa a mais um embuste. Se os signatários desta declaração queriam realmente que houvesse um candidato socialista à Comissão, então que usassem da sua influência colectiva e individual para que tal acontecesse. Por exemplo, publicando isto numa altura em que poderia ter algum efeito.

Alguém acha que a dois dias do começo das eleições (o Reino Unido e a Holanda votam hoje) esta declaração terá alguma espécie de utilidade?

Publicada agora, esta declaração não parece ser tanto uma afirmação de coragem dos signatários face aos respectivos partidos, mas sim uma acção de cobertura das respectivas imagens pessoais. O que custa defender algo, quando se sabe que já não se pode pôr em prática?

Um espectáculo triste, portanto.

1 comentário:

Rui Pedro Nascimento disse...

Já havia sido falado há dois ou três dias pelo Mário Soares no artigo de opinião do DN, além de ser um tema comum à cerca de um mês nos mails do PES. Ou achas que a "rebilião" dos candidatos a Eurodeputados (principalmente dos que repetem a presença na lista) é por acaso?

Pesquisar neste blogue