quarta-feira, agosto 25, 2010

Lisboa, uma das 100 cidades contra as execuções no Irão. Dia 28 de Agosto, 18h, Largo Camões




LISBOA, UMA DAS 100 CIDADES CONTRA AS EXECUÇÕES NO IRÃO




No dia 28 de Agosto, às 18:00, no Largo de Camões, Lisboa unir-se-á a uma enorme cadeia de cidades de todo o mundo cujas/os cidadãs e cidadãos corresponderam ao apelo do International Commitee Against Execution. A designação da iniciativa,"100 cities against stoning / 100 cidades contra a lapidação", pretende chamar a atenção da opinião pública mundial para o facto de na República Islâmica do Irão a execução da pena de morte ser muitas vezes efectuada pelo bárbaro e humilhante método do lapidação pública - perpetrado sobretudo em mulheres, muitas das vezes acusadas e punidas por crime (!?) de adultério (!?).

Vamos aumentar o caudal da indignação mundial dizendo NÃO À LAPIDAÇÃO!

Esta acção de protesto, em Lisboa e em sintonia com cidades de todo o mundo, contra as sentenças de condenação à morte e, de um modo muito particular, contra a morte por apedrejamento, nasceu no facebook por iniciativa de um grupo de cidadãs e de cidadãos portugueses e tem um cariz transversal a toda a sociedade portuguesa, de defesa da justiça e dos Direitos Humanos Universais.

Se, em Portugal, o pleno direito de amar e de casar livremente são dados adquiridos, olhemos de frente para o que acontece na República Islâmica do Irão onde os mais fundamentais Direitos Humanos, e muito especialmente, os direitos das mulheres, são constantemente violados, olhemos de frente para as violentas execuções públicas de mulheres e de homens iranianos, por apedrejamento, para juntarmos as nossas vozes à grande orquestra mundial, dizendo PAREM AS EXECUÇÕES NO IRÃO! NÃO À LAPIDAÇÃO!

Naturalmente que não podíamos ficar indiferentes a esta realidade; e é neste sentido que nos unimos à organização da iniciativa de solidariedade no próximo dia 28 de Agosto e que associa a cidade de Lisboa às manifestações de indignação que, um pouco por todo o mundo, vão ocorrer.

Assim, é com prazer que convocamos os militantes e simpatizantes socialistas a associarem-se a esta manifestação que, apesar de não ter conotações partidárias directas, se inscreve na boa tradição socialista de defesa dos direitos humanos e de intervenção cívica qualificada.

Gostávamos de contar com a vossa presença no próximo Sábado, 28 Agosto, às 18 horas, na Praça Camões, em Lisboa.

Vera Santana

José Reis Santos



(membros do grupo Lisboa, uma das 100 cidades contra as execuções no Irão)

1 comentário:

Vera T. Santana disse...

Eu digo NÃO! À LAPIDAÇÃO!

E à execução de pessoas por motivo de AMOR!

E à execução de pessoas por motivos religiosos ou políticos!

Pesquisar neste blogue