quinta-feira, maio 06, 2010

A Vocação Perdida de Ricardo Rodrigues



Observem a economia de movimentos, a elegância da acção. Tal como um “Bruce Lee” que é mestre em outra área que não as artes marciais, é uma alegria ver Ricardo Rodrigues em acção. Tal como um ilusionista, no momento em que aconteceu ninguém se apercebeu de nada. Só depois, percebemos o mecanismo das suas acções.

Não acham que Ricardo Rodrigues escapou à sua verdadeira vocação?

P.S. - Passando a parte humorística, que é definitivamente um caso de rir para não chorar, alguém me explica, entre muitas coisas, porque é que os gravadores não foram devolvidos, e como é que Ricardo Rodrigues não se demitiu de vice-presidente da bancada ou renunciou ao mandato? Já para não falar em pedir desculpa? Mas que raio de partido é que tolera uma coisa destas?

P.S.S. - Continuo a acreditar, a bem da minha sanidade, que aquilo que foi noticiado pela SIC-N - os deputados do PS a aplaudirem as acções de Ricardo Rodrigues - não passe de uma invenção jornalística.

1 comentário:

Rui Pedro Nascimento disse...

"Manitas d'oro!" o terrível do oeste! :)

Pesquisar neste blogue