quinta-feira, junho 03, 2010

Portugal e o crédito

Soubemos hoje que Portugal continua a poder financiar-se junto dos mercados embora pagando quatro vezes mais pelo dinheiro, com juros mais elevados, o que significa que os particulares da mesma forma pagarão os juros mais elevados. Portugal mais uma vez comprou dinheiro a preço elevado, o que contribuirá para a lógica de endividamento. O preço do dinheiro é colocado de acordo com as classificações de rating, que não param de aumentar as classificações de risco da República Portuguesa tal como das instituições financeiras portuguesas. Assim sendo, continuamos a comprar dinheiro caro a quem faz o preço do dinheiro. É facto é uma boa notícia podermos continuar a financiar os gastos por estes dinheiro, que é muito caro e que nos leva a pagar quatro vezes mais do que a rentabilidade que o investimento nos possa trazer.
É mais barato financiarmo-nos junto dos privados, dos cidadãos, com a emissão de dívida pública como já fazemos só que não com as taxas de juros que fazemos que em nada se distinguem das instituições financeiras. Pagamos juros altos ao mercado de crédito e não pagamos juros elevados aos insvestidores não institucionais que com esse dinheiro de juros poderiam aumentar a sua liquidez.

1 comentário:

健豪 disse...

生命中最美麗的報償之一便是幫助他人的同時,也幫助了自己。 ..................................................

Pesquisar neste blogue