quarta-feira, fevereiro 29, 2012

Na tua voz a voz de todos nós

E na Alemanha, a coisa começa a ficar negra para a mudança

Notícias do (Des)Governo, que alguns ainda acham que vai durar quatro anos

Pouco a pouco, a Europa está a destruir as nossas liberdades

Twenty-five EU signatories - with the Czech Republic and the United Kingdom remaining out - are also to sign a separate agreement ensuring that any government that hauls a partner before the European Court of Justice may remain anonymous.

E aquele conceito essencial do Estado de Direito, que diz que um acusado tem o direito de confrontar o seu acusador? Como se trata de países, não se aplica? Porquê?

A cultura do chibo instaurada a nível europeu?

Mas como é a UE, temos de comer e calar.

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

O Colégio Eleitoral dos Óscares

Há 5 765 eleitores.

94 por cento são caucasianos, 77 por cento são homens, a idade mediana é 62 anos, e os eleitores com menos de 50 anos são apenas 14 por cento.

Apenas 14 por cento ganharam óscares, e os nomeados que não ganharam são 19 por cento.

Talvez isto ajude a explicar algumas decisões...

(graças ao LA Times)

domingo, fevereiro 26, 2012

Introdução à Economia do Vinho

95 por cento do vinho de mesa vendido a nível global tem um preço de venda ao público (P.V.P.) abaixo dos 7 dólares (EUA).

80 por cento do vinho de mesa vendido em Portugal tem um P.V.P. abaixo dos 2 euros.

(dito no Expresso da Meia-Noite de Sexta)


sábado, fevereiro 25, 2012

Polícia temeu invasão marciana na António Arroio

Se era para fazer um frete ao spin cavaquista, o Expresso bem podia ter sido menos criativo...



O BPN parece aquele buraco que nunca se consegue tapar

Estado tem de emprestar mais 300 milhões para vender o BPN

Há um ano estimava-se o dinheiro que o Estado, directa ou indirectamente, tinha enfiado no buraco sem fundo do BPN em mais de 5 mil milhões de euros (3% do PIB).

Já vamos nos 6 mil. Vamos tentar chegar aos 7 mil?

E que raio de privatização é esta, em que gastamos ainda mais dinheiro?

Fechem aquilo!

sexta-feira, fevereiro 24, 2012

A liberdade de voto não se estende à liberdade de falar

Quem ouvisse as intervenções da bancada do PS durante o debate dos projetos sobre adoção ficaria convencido que era uma bancada unânime ou, pelo menos, maioritariamente contra. Chegado o momento da votação constata-se que, pelo contrário, a maioria dos deputados do PS votou a favor destes projetos. Porquê, então, aquele "monocromatismo" no debate?

Ah! Que vergonha, PCP!


Até o New York Times já percebeu. Apenas o nosso governo ainda não.

"Portugal’s policy makers are understandably confused by the reaction of the markets to their heroic efforts to cut the budget deficit in the face of a rapidly contracting economy. The risk premium on Portuguese government bond has risen to double digit levels while it has fallen for everybody else, except Greece.

But the problem of Portugal is not fiscal policy. It is the excess consumption of the private sector, which for more than 10 years now has become used to spending much more than its income. This can be seen in the large current account deficits the country has run (over 10 percent of G.D.P. for more than 10 years). Their cumulative effect is now a net foreign debt worth more than 100 percent of G.D.P."

(...)

"At first sight one is tempted to say: so what? Why should the markets worry if Portuguese households continue to consume on credit? As long as the government gets its accounts under control, the risk premium on government debt should decline. However, markets factor in a simple lesson learned from this crisis: excess private debt becomes, in the end, public debt. The losses that Portuguese banks are likely to experience when their customers cannot repay their debt as the economy spirals downward will in all likelihood become public debt – just as in Ireland and Spain. What matters in the end is the total debt (public plus private) of the country."

quarta-feira, fevereiro 22, 2012

Pergunta inconveniente e inevitável

Quando a Grécia sair do Euro, quais são as hipóteses de conseguirmos aguentar-nos na moeda única?

A grande ilusão grega

"More to the point, the plan assumes that Greece’s politicians will stick to what they’ve agreed, and start selling off huge chunks of their country’s patrimony while at the same time imposing enormous budget cuts. Needless to say, there is no indication that Greece’s politicians are willing or able to do this, nor that Greece’s population will put up with such a thing. It could easily all fall apart within months; the chances of it gliding to success and a 120% debt-to-GDP ratio in 2020 have got to be de minimis.

Europe’s politicians know this, of course. But at the very least they’re buying time: this deal might well delay catastrophic capital flight from Greece, and give the Europeans more time to work out how to shore up Portugal if and when that happens. Will they make good use of the time that they’re buying? I hope so. Because once the Greek domino falls, it’s going to take a huge amount of money, statesmanship, and luck to prevent further dominoes from toppling."

Felix Salmon, Reuters

sexta-feira, fevereiro 17, 2012

O país que somos

"A Troika escusa de se preocupar. Cá na terra nós fazemos sempre, ou quase sempre, o que nos mandam. E não gostamos nada de aventuras."

Vasco Pulido Valente, Público de hoje.

quinta-feira, fevereiro 09, 2012

A posição do PS relativamente ao Agendamento Potestativo

A resposta do PS (está bem assim, Diogo?):



Assunção Esteves pagou hoje, com juros elevados, o facto de Passos a ter nomeado para Presidente da AR

Para evitar que Passos fosse ouvido num agendamento protestativo do PCP na Primeira Comissão da AR, sobre o caso das secretas, algo que segundo o Regimento da AR nenhum membro do Governo se pode escusar a ir, a Presidente da AR, Assunção Cristas, e a maioria PSD/CDS, decidiram que o Primeiro-Ministro não é membro do Governo!!!

Ó Assunção Esteves, se o PM não é membro do Governo, é o quê? Chefe de banda? Presidente da Junta? Ditador?

Só de pensar que já foste Juíza do Tribunal Constitucional. O ridículo a que chegaste...

Primeiro passo para a Ditadura Passista: o Regimento da Assembleia da República é letra morta!

E também já deu para perceber que Passos, e a maioria PSD/CDS, estão borrados de medo que se saiba o que estão a fazer nas secretas.

E tu, PS? Vais deixar a banda passar, ou vais assumir uma posição de força.



Tu sabes que um amigo teu anda desnorteado quando...

Ele escreve coisas como esta.
Há que ajudá-lo nestes tempos difíceis. Os amigos são para estas alturas.

O (des)governo de Passos deve estar a enlouquecer muita gente

Só assim se compreende que tantas pessoas achem que o Sporting foi levado ao colo pelo Proença na meia-final da Taça de Portugal.

Pelo Proença, meu Deus.

A loucura é grande.



segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Uma ideia que me passou pela cabeça ao ver a cerimónia da CPLP

Será que Cavaco Silva, seguindo o exemplo do Zé Du de Angola, vai começar a cobrar também a "gasosa"?

Seria uma maneira de começar a equilibrar os seus rendimentos com as suas despesas...

E nós queremos que os angolanos se sintam em casa cá, ou não?

domingo, fevereiro 05, 2012

Gostava de ter dito isto

"Se houvesse, à esquerda, alguma alternativa, estou absolutamente convencido que Passos Coelho estaria em muitos maus lençóis. É obrigação da esquerda, independentemente das suas guerras de capelinhas, arranjar rapidamente uma alternativa para tirar, meço as palavras, este louco do poder."


Daniel Oliveira, Eixo do Mal

A má-fé deste governo não conhece limites

Não foram quatro, mas sim cinco os feriados que nos roubaram.



sábado, fevereiro 04, 2012

A todos aqueles que criticam o actual momento do Sporting

O que se espera de uma direcção, da qual não se tem a certeza de que foi, de facto, a eleita pelos sócios?

O que nasce torto, tarde ou nunca se endireita.

Pesquisar neste blogue